sábado, 23 de maio de 2009

Protógenes Queiroz grava entrevista para programa de TV do Sinpro

16/05/2009

O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz esteve nessa quarta-feira (13/5) em Belo Horizonte e participou da gravação do programa de TV Extra-Classe, produzido pelo Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro Minas).

O presidente do Sinpro Minas, Gilson Reis, conversou com o delegado e entregou a ele um artigo com reflexões sobre os cenários político e judicial no Brasil. Segundo Gilson Reis, será preciso aumentar a pressão popular para exigir que os crimes sejam devidamente apurados, e os responsáveis, presos e condenados.

Na entrevista, o delegado defendeu mudanças na legislação processual para facilitar a investigação de crimes financeiros no país e disse acreditar na prisão do banqueiro Daniel Dantas, um dos principais alvos da operação Satiagraha. “Com total isenção, o Judiciário brasileiro saberá dar a resposta à altura do que a sociedade está esperando”, afirmou. Ele disse ainda que não se surpreendeu com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que concedeu dois habeas corpus a Dantas em menos de 48 horas. “Entendo que é uma decisão da Suprema Corte do país e que é preciso respeitá-la, e eu a respeitei”.

Protógenes rebateu as acusações de que teria cometido irregularidades na condução da operação e declarou também que o esquema criminoso que teria sido montado por Daniel Dantas no país começou há mais de 20 anos, com o processo de privatização. “A Satiagraha revelou vários atores, incluindo membros do Judiciário, do Ministério Público e da própria Polícia Federal”, denunciou. Segundo Protógenes, a investigação constatou também que alguns profissionais da imprensa trabalharam como “facilitadores de informação” para Dantas, “mas isso não agrava o trabalho da imprensa, que é muito importante para a democracia”.

Após a entrevista para o Extra-Classe, que será exibida no domingo 24 de maio, o delegado seguiu para o Sindicado dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, onde concedeu uma coletiva de imprensa.

Portal CTB - Fonte Sinpro-MG

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário